domingo, 18 de dezembro de 2011

VAIDADE ACIMA DE TUDO E DE TODOS

O vereador Antonio Lopes apresentou um projeto de lei na Câmara Municipal de Governador Mangabeira, propondo a mudança do nome do Ambulatório Dr. Otto Alencar, para Doralice Pedreira, conhecida como Dona Licinha de Machado, de saudosa memória. O edil justifica que há uma lei federal que proíbe o nome de pessoas vivas em órgãos e logradouros públicos.
A Saudosa Doralice Pedreira é digna de todas as homenagens, como já registrei neste blog, pelos serviços prestados a esta terra e pelo gesto de bondade que sempre dispensou aos conterrâneos mangabeirenses.
Contudo, tenho alguns questionamentos a fazer ao vereador, autor da proposta e aos próprios vereadores da oposição que estão sempre bem articulados a votar nos projetos apresentados pela bancada, principalmente pelo líder da oposição:

1 – Um dos mentores do nome do Ambulatório Dr. Otto Alencar, que tem uma história de mais de 20 anos, foi um ex-prefeito que faz parte do mesmo grupo da atual oposição. O ex-gestor deve ser ouvido para, opinar se está de acordo ou não com a mudança do nome de sua autoria. Será que o ex-prefeito aprova a iniciativa do vereador Lopes?
2 – Imaginem, se os demais edis apresentarem propostas na casa da cidadania para mudança de nomes dos demais logradouros e órgãos públicos deste município, que tem nome de pessoas vivas, a exemplo da: Escola Dr. Milton Pedreira, em Jacarezinho; da Escola Luis Santos Oliveira (atual vereador), no Bairro do Portão; da Escola Manoel Nascimento Machado, na comunidade de Lagoa da Rosa; Rua Adauto João Mamona dos Santos e,  Imaginem, a proposta para mudar o nome da Rua Professor Agnaldo Viana Pereira?
O bom parlamentar tem que agir com a cabeça e em determinados momentos com amor. SIM, DE CORAÇÃO. Jamais com espírito de vaidade, promoção pessoal ou promoção do próprio grupo político.

Nenhum comentário:

Postar um comentário