sábado, 12 de fevereiro de 2011

INFRAERO DIVULGA EDITAL COM 99 VAGAS DE ANALISTAS COM SALÁRIOS DE ATÉ R$ 7 MIL

Será cobrada taxa de R$ 125. Candidatos inscritos no CadÚnico e que sejam membros de família de baixa renda podem solicitar isenção de pagamento por meio de requerimento disponível no site das inscrições entre as 10h de 21 de fevereiro e as 14h de 23 de fevereiro.
Em meio à polêmica causada pelo anúncio do governo de suspensão de nomeações para o serviço público e de cancelamento de novos concursos, a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) publicou no Diário Oficial da União desta sexta-feira o edital de sua seleção, que visa a preencher 99 vagas e formar cadastro de reserva em cargos de analista superior (nível sênior).
As inscrições estarão abertas das 10h do dia 28 deste mês às 14h de 8 de abril (horário de Brasília), pelo site da Fundação Carlos Chagas . Será cobrada taxa de R$ 125. Candidatos inscritos no CadÚnico e que sejam membros de família de baixa renda podem solicitar isenção de pagamento por meio de requerimento disponível no site das inscrições entre as 10h de 21 de fevereiro e as 14h de 23 de fevereiro.
Para todos os cargos, o salário é de R$ 7.086,68, além de benefícios. Todas as funções exigem nível superior completo e algumas também curso de pós-graduação, além de registro no respectivo conselho de classe.
De acordo com o edital, as vagas estão divididas entre as categorias I, II, III e IV, nas seguintes funções: biólogo; auditor; especialista - inteligência; especialista estatístico; analista de sistemas nas especialidades de administrador de banco de dados, arquitetura de software, desenvolvimento e manutenção, gestão de TI, rede e suporte e segurança da informação; arquiteto; engenheiro ambiental; engenheiro civil, nas ares de estruturas/edificações, orçamento, hidrossanitário, pavimentação e planejamento físico de aeroportos; engenheiro de infraestrutura aeronáutica, engenheiro eletricista e engenheiro eletrônico.Os aprovados poderão trabalhar nas cidades de São Paulo, Campinas e Guarulhos (SP), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Brasília (DF), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Manaus (AM), Salvador (BA), Rio de Janeiro (RJ), Cuiabá (MT), Fortaleza (CE), Belo Horizonte (MG), Teresina (PI), Goiânia (GO), Macapá (AP), Vitória (ES), Natal (RN), Belém (PA).
Todos os inscritos farão prova objetiva de conhecimentos básicos (português e legislação) e conhecimentos específicos e um estudo de caso, marcados para dia 22 de maio, com duração de cinco horas. Em seguida, os aprovados terão os títulos avaliados para fins classificatórios. Os exames serão aplicados em todas as cidades para onde há vagas em locais e horários determinados posteriormente.
As informações são do O Globo)A( As informações são do O Globo)

Nenhum comentário:

Postar um comentário