sábado, 21 de agosto de 2010

HONEY MASCARENHAS COMENTA SOBRE MANIFESTAÇÃO DA FTC

Além de Hamurabi Canário, recebemos mais um comentário na matéria: INDIGNADOS COM A POSTURA DA FTC, ESTUDANTES REALIZAM ASSEMBLÉIA. Desta vez, foi o colega Honey Mascarenhas de Oliveira
Caros colegas.
Creio que uma instituição privada que visa à qualidade no atendimento numa relação empresa-cliente deve estar ciente de que a satisfação do cliente tem prioridade. Mas o quadro que se pode observar é totalmente o oposto. O objetivo de formar profissionais criativos, competitivos e empreendedores vem dando lugar ao descaso. A maior e mais completa Rede de Ensino do Norte/Nordeste, Com mais de 60 mil alunos e 3.700 colaboradores, o que a torna um exemplo de infra-estrutura, tecnologia e de compromisso social com as áreas da educação, cultura e pesquisa, esta a mercê de profissionais que diante de situações que exigem soluções urgentes, se negam a sanar definindo o que é prioridade dentre os problemas que nós alunos enfrentamos. Omitem-se, deixando o curso de Engenharia Civil e Ambiental, abandonados e mal vistos perante o mercado de trabalho e outros órgãos. Há tempos vemos a falta de planejamento na seleção do corpo docente, a falta de compromisso da coordenação com os cursos, a falta de Investimentos contínuos em infra-estrutura e tecnologia que possa garantir aos alunos modernos laboratórios, clínicas, núcleos de atividades práticas e todo o aparato necessário à prática pedagógica. Recusam-se assumir compromissos com os alunos, formalizando iniciativas para atender nossas necessidades. Não buscam a melhoria da qualidade da educação, totalmente sem compromisso e responsabilidade. Este é o lamentável quadro em que a FTC – Feira de Santana encontra-se.
Acredito-me que não pagamos por isto, não sei se perceberam, mas a maior parte do que escrevi tomei por base palavras do site da instituição em que eles mesmos se comprometem com estas causas, quando nos vinculamos a qualquer tipo de instituição, pagamos sim por serviços que nos são prometidos, através de uma gestão supostamente comprometida. Muitas vezes por temer as conseqüências de nossas ações criamos fantasmas que nos impedem de seguir adiante e acabam nos imobilizando. Os alunos da FTC mostram-se unidos em prol de um bem maior. Provam que desejos por mais ousados não são impossíveis de alcançar, junto tomamos as rédeas e não nos fizemos de platéia. Protagonizamos em nossa luta contra o descaso, tornando-nos líderes de si mesmos. Com um movimento que acolhe, aceita todas as opiniões, ouve todas as vozes e clama a insatisfação geral através de portadores voluntários, como nosso companheiro Derlan. Aos leigos, que se omitiram e omitem-se, fica apenas o exemplo de vozes que não se calam e não tem medo de colocar rostos nas palavras e atitudes.
“O aluno é um ser inacabado, sua capacidade de percepção depende da autonomia do professor que ora ajuda a construir uma base sólida, ou dificulta essa construção, aquilo que o aprendiz vivencia em sala de aula ele leva consigo, além de trazer para a sala o que ele aprendeu em seu cotidiano, por isso, deve existir o respeito às diferentes culturas”
Att,
Honey Mascarenhas de Oliveira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário