quinta-feira, 4 de maio de 2017

Greve Geral mostrou força do movimento sindical brasileiro, afirmam sindicalistas americanos

A greve geral histórica do último dia 28 mostrou a força do movimento sindical brasileiro no momento em que o Brasil passa por um golpe nos direitos trabalhistas. Essa foi a avaliação de Maria Robalino, sindicalista norte-americana que atua na AFL-CIO (Federação Americana do Trabalho e Congresso de Organizações Industriais), a maior Central operária dos Estados Unidos e Canadá.

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Trabalhador Rural poderá receber casa e comida no lugar de salário

Se o trabalhador urbano enfrenta uma perda de direitos sem precedentes com o avanço da reforma trabalhista no Congresso, o trabalhador rural está ameaçado inclusive na forma de remuneração, que pode passar a ser permitida na forma de comida e habitação, em substituição ao dinheiro.

segunda-feira, 1 de maio de 2017

1° de MAIO - Dia do TRABALHADOR e não dia do trabalho

Neste dia 1° de maio deveria ser um dia para comemorar mas, a conjuntura adversa que estamos vivendo no nosso País não nos permite a isso.
Este dia serve para mais um chamado para a classe trabalhadora brasileira fazer suas devidas reflexões sobre seu importante papel na sociedade.
O País vive um momento de desmonte com perca de direitos para a classe trabalhadora. Os ataques são frequentes na justificativa pífia que precisa colocar o " país nos trilhos".
O Congresso Nacional junto não tem coragem de realizar as reformas estruturais que o país precisa e, tenta a todo custo cortar na carne do trabalhador. Lembrando que este congresso é o mais conservador e reacionário desde o período da ditadura militar.
Não TEMOS nada a COMEMORAR com as percas de direitos através da REFORMA TRABALHISTA, da REFORMA PREVIDENCIÁRIA e do Projeto de Terceirização SEM LIMITES. Esses três pontos mutilam, precarizam e retiram direitos históricos dos trabalhadores que foi fruto de muita luta, muito suor e muito sangue derramado de Companheiros e Companheiras que tombaram no meio de muita luta e resistência.

terça-feira, 27 de dezembro de 2016

I º Congresso do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar de Feira de Santana-Bahia.

Na manhã desta terça-feira(27) , aconteceu a abertura do 1º Congresso do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras da Agricultura Familiar de Feira de Santana-Bahia.
A Congresso que tem como tema : ORGANIZAÇÃO SINDICAL E O FORTALECIMENTO DA AGRICULTURA FAMILIAR , acontece entre os dias 27 e 28 de dezembro no Anfiteatro do Módulo II , na Universidade Estadual de Feira de Santana - UEFS.

A Central Única dos Trabalhadores está participando e prestigiando da atividade , representada por Derlan Queiroz ( Secretário Estadual de Relações do Trabalho) Josenilton Ferreira Pereira ( Secretário de Organização e Política Sindical ), Conceiçao Borges ( Vice Presidenta ),Elisangela Santos Araujo ( Executiva da CUT Nacional) e Cedro Silva ( Presidente ). Além da CUT Bahia outras entidades estão participando e prestigiando o Congresso , a exemplo da APAEB, Rosival Leite (Fetraf Bahia, dentre outros). O Governo do Estado esteve representado por Wilson Dias da CAR , Edilza Reis da Bahiater e Jurema da Adab.
" Avalio como super positiva a decisão da diretoria do SINTRAF Feira por decidir em realizar seu Congresso dentro do Campus da Universidade; muito inteligente e providencial essa decisão, principalmente em um momento como este que o País está vivendo, faz mais que necessário a unidade da Classe Trabalhadora com a Academia" Comentou Derlan Queiroz ( Secretário Estadual de Relações do Trabalho da CUT Bahia). " Que sirva de exemplo para todos nós e, já proponho que as Plenárias da CUT e os próximos Congressos sejam realizados dentro de um Campus de uma UNIVERSIDADE" Finalizou o Sindicalista

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Temer mente: reforma enfraquecerá trabalhador

O peru de Natal este ano veio salgado, fora do ponto para a maioria dos brasileiros. Um dos ingredientes desse sabor ruim veio na forma do Projeto de Lei 6787/2016, apresentado pelo governo Temer no dia 22 de dezembro, conhecido como Reforma Trabalhista.
O sentido geral do projeto é baratear ainda mais o valor do trabalho dos brasileiros e brasileiras, garantindo aos empresários e especuladores em geral melhores condições de aumentar seus lucros.

domingo, 25 de dezembro de 2016

CUT/Vox Populi: LULA, o mais admirado e o melhor presidente do Brasil, é imbatível nas urnas, no primeiro e no segundo turno

Quem é o melhor presidente do Brasil? -  perguntou a CUT/Vox Populi ao povo. 43% cravaram o nome de Lula. Só 13% escolheram FHC. E quem você admira/gosta muito? Deu Lula de novo, com 33%.
Para Aécio Neves (PSDB-MG), sobraram meros 8%. Já a Geraldo Alckmin (PSDB-SP), seu desafeto, conseguiu um ponto a mais, 9%. Detalhe importante, 96% dos brasileiros responderam que ficaram sabendo que Lula foi indiciado pelos procuradores da Operação Lava Jato.
Para o presidente da CUT, Vagner Freitas, os resultados da pesquisa CUT/Vox Populi mostram que “os brasileiros, mesmo os mais pobres e simples, têm discernimento, refletem e julgam racionalmente, não se deixam influenciar pela avalanche de denúncias sem provas e sensacionalismo da mídia conservadora”. 
É o que mostram também as respostas espontâneas e estimuladas sobre as eleições para presidente da República de 2018. Lula está à frente de todos os concorrentes em todas as simulações feitas no primeiro e no segundo turnos. Lula tem 31% das intenções de voto espontâneas. Bem atrás vem Aécio, com 5%; Marina Silva (Rede-AC), 4%; o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB-SP), 3%; e Alckmin, com 2%.

sábado, 24 de dezembro de 2016

'Não vamos dar sossego a este governo', diz CUT sobre reforma trabalhista

Brasil de Fato – Após a chegada da reforma da Previdência ao Congresso Nacional, a próxima ameaça que bate à porta dos trabalhadores brasileiros pode ser encaminhada ainda esta semana ao Legislativo: a reforma trabalhista.
A pauta já movimenta sindicatos de trabalhadores, preocupados com o contexto de flexibilização de direitos. Mas, para eles, o perigo não projeta exatamente uma novidade: segundo levantamento do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), há mais de 60 matérias propondo retirada de direitos trabalhistas no Legislativo federal.
Tais iniciativas legislativas, somadas ao que o Planalto deve tentar implantar, podem resultar em: jornada de trabalho intermitente, com o trabalhador ficando inteiramente à disposição do patrão e recebendo pagamento apenas pelas horas trabalhadas, quando for recrutado; contratos temporários com validade de 180 dias; demissões mais baratas, com redução da multa do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS); entre outras mudanças.

sexta-feira, 23 de dezembro de 2016

Trabalhador resgatado de condição análoga à escravidão recebe prêmio nacional

Em uma manhã banhada de chuva se deu nosso diálogo florido de anedotas, gargalhadas e reflexões. Considero que se houvesse uma “dose” também beberíamos, para brindar a vida e a chuva que há três dias regava sua roça. “A chuva é vida”, disse ele. Marinaldo Soares Santos, 44 anos, aprendeu com o pai a contar “braças de terras” e tendo esse saber, sentia-se incomodado quando percebia que seus companheiros eram enganados pelos empregadores. “Às vezes eu chegava e perguntava - rapaz, tu roçou quantas braças de terra? E o cara dizia: umas 50 braças. Eu olhava pra terra limpa e na verdade ele tinha roçado mais de 100, mas não sabia. Às vezes a gente tinha até medo de explicar pra eles.” Medo do patrão? Perguntei atento. ”Isso mesmo e de ser até morto pelo patrão”, respondeu pensativo.

quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Trabalhador vai ganhar de Natal jornada de 12 horas diárias

Temer assinará hoje (22) medida provisória estabelecendo um minirreforma da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Só pra gente lembrar, a CLT foi o principal marco legal que regulamentou as leis trabalhistas no Brasil, sancionada por Getúlio Vargas em 1943. Essa legislação é o maior instrumento de defesa da dignidade humana e garantia de direitos do trabalhador.

Morreu sem aposentar


A proposta de Roforma da Previudência proposta pelo governo ilegítimo de Michel Temer (PMDB) , traz vários prejuizos e retrocessos para os trabalhadores brasileiros.
Em suas charges ,Márcio Baraldi é conhecido como o “cartunista mais rock’n’roll” do Brasil por sua especialidade em retratar o mundo roqueiro. 
Desenhista desde a infância, é o maior vencedor de um dos mais importantes prêmios do gênero no país, o Prêmio Angelo Agostini, em que ele já venceu como melhor cartunista. Confira mais do seu trabalho em seu site:http://www.marciobaraldi.com.br